segunda-feira, 30 de julho de 2012

Armadura

Por trás das mesas pessoas
pessoas que se escondem
que vestem suas armaduras
duras como ataduras
na vontade de sair se aquietam
e o que desejam vai as engolindo
e o que semeiam vai as consumindo
e o que realmente são vai sumindo
e os que deliram vão se permitindo

Por trás das mesas mentiras
mentiras em que acreditam
mentiras feitas de gente
de gente se desmentindo
e dentro dos engomados
um coração que bate alado
mas mantém seu vôo adiado
sonhando sempre acordado
nas mesas, nos corredores
nos shoppings e supermercados.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget